quinta-feira, julho 13, 2006

Rosa


Numa rosa o meu coração habita. Vermelho. A baloiçar ao vento. Sou daquelas flores que se empolgam todas para serem cheiradas por ti. Contente. Que à noite fico quieto à tua espera. Impaciente. Só espero por ti. Quando não apareces vou à tua procura. Alma versátil. Posso ficar onde quiser aguardando que passes. Posso ser o que quiser: Rosa, acácia, túlipa. Basta que olhes para mim. Gostava de ficar para sempre numa jarra no teu quarto. Todos os dias te olhava ao acordares. Sem murchar. Viva. Dar-te os bons dias. Inundar-te o quarto com o meu perfume. Bastava. Sim. Sou apenas flor. Sem folhas nem espinhos. Só suavidade e delicadeza. Não preciso de água. Só de sorrisos. Teus. Não sou flor de tango. Nem tão-pouco de canteiros. Importante. Estou na rosa porque olhas para ela. Permaneço nela. Sorrio para ti.

Na rosa encontras o meu coração a bater por ti.

13 comentários:

sonia disse...

bem nunka pensei k foxes tao romantiko, ms fiko espantada cm tamanha inspiraxao k vai na alma... kd precisares d ajuda é so dixer :p...gosto d~tds os textos sem destinçao...bjx gdx*****

Mafalda disse...

Recuperaste o bom dizer: "A alma das coisas..."
E o melhor...saber que tudo gira a volta "dela", que a rosa abre por "ela".
Bonito, simples...profundo. Assim se vê a importância das coisas.

Continua com o bom trabalho. Todos agradecemos =)

Anónimo disse...

Hý cansaýos bons. Nýo. O coraýýo nýo sossega, porque nýo tem com que sossegar.
Quando aparece um amigo sem avisar, interrompendo tudo o que se tencionava fazer, sossega-se. Quando se estý a lutar contra a injustiýa e a maldade, com todas as forýas que se tem, sossega-se. Quando se lý um poema ou uma histýria bonita, por muito triste que seja, sossega-se. Quando se acredita em Deus. Isso, sim, ý sossegar.
Gosto de "sossegar" como verbo transitivo. Sossegar sý por si nýo chega. ý mais bonito sossegar alguým. Quando se pede "Sossega o meu coraýýo", e se consegue sossegar. Quando se sai, quando se faz um esforýo para sossegar alguým. E nýo ý adormecendo ou tranquilizando, em jeito de mýdico a dar um sedativo, que se sossega uma pessoa. ý enchendo-lhe a alma de amor, confianýa, alegria, esperanýa e tudo o mais que ý presente a tornar-se, de repente, futuro. ý o futuro que sossega. "Amanhý vamos passear", sossega mais que "Nýo te preocupes" ou "Deixa lý, que eu trato disso"."


Miguel Esteves Cardoso,

os canteiros constroem se ao longo da vida o teu ja ta grande
bj catarina

Anónimo disse...

Se estýs disposto a nunca usar da violýncia, e sempre resistindo, torna-te forte de corpo e de alma; ý a mais difýcil de todas as atitudes; exige a constante vigilýncia de todos os movimentos do espýrito, o domýnio completo de todos os impulsos dos nervos e dos mýsculos rebeldes; a agressýo ý fýcil contra o medo e tambým a primeira soluýýo; para que, em todos os instantes, a possas pýr de lado e substituý-la pela tranquila recusa, nýo te deves fiar nos improvisos; a armadura de que te revestes nos momentos de crise ý forjada dia a dia e antes deles; faz-se de meditaýýo e de ginýstica, de pensamento definido e preciso e de perfeitos comandos; quando menos se prevý surge o instante da decisýo; rýpida e firme, sem emoýýes ou sufocando-as, tem que trabalhar a mýquina formada.

Que trabalhar, sobretudo, humanamente; a visýo do autýmato ý a pior de todas para os amigos do espýrito; nýo serýo teus elementos nem a secura, nem a estýica dureza, nem o ar superior, nem as cortantes palavras; requere-se no inabalývel a humanidade, o sorriso afectuoso, a ýntima bondade, a desportiva calma, amiga do adversýrio, de quem joga um bom jogo; sozinho guardarýs as lutas interiores que tens de suportar, a batalha contýnua para impores o silýncio aos instintos de ataque e da vinganýa; serý tua boa auxiliar a pele dura e uma carne que, domada, suporte, sem revolta, as provaýýes e os trabalhos; o ýleo do ginýsio ajuda Marco Aurýlio; quem se adivinha senhor de si melhor resistirý sem violýncia a tudo o que inventou a real fraqueza do contrýrio; e sý tem que se guardar dos perigos da altivez e do desprezo.

Agostinho da silva
porque a vida é dos corajosos
bjs

Rita disse...

Numa conversa entre Deus e o homem:

"...vamos substituir o falar pelo comunicar, muito mais abrangente, mais preciso. Quando tentamos falar um com o outro - Eu contigo, tu Comigo, ficamos imediatamente constrangidos pela incrível limitação das palavras. Por esse motivo, não comunico somente através das palavras. De facto, raramente o faço. O meio de comunicação mais habitual é através do Sentimento.

O Sentimento é a linguagem da alma...

...Meu é sempre o vosso Pensamento Mais Sublime, a vossa Palavra Mais Clara, o Vosso Sentimento Mais Grandioso...

O Pensamento Mais Sublime é aquele que contem Alegria. As Palavras Mais Claras são as que contêm verdade. O Sentimento Mais Grandioso é aquele a que se chama Amor...

Alegria, Verdade, Amor..."

in "Conversas com Deus"

Só para dar a entender que fiquei sem palavras para comentar o teu texto... pois o que sinto... elas não conseguem exprimir...
obrigada...

beijos enormes

Sofia disse...

Sonhei-te
Rosa
Ou púrpura
Mar revolto
Horizonte
Vento
Desfraldando o destino
Que a alma há-de trilhar
Sonhei-te
Silêncio.

* * *

E esta, hein?!

Pedro (Danoninho) disse...

Ta giro!
Tens de escrever mais!
oubistes??

Abraço

( a vida nao pode ser só agricultura )

Pedro (Danoninho) disse...

Escreve sobre a seleção portuguesa =P

Quando vens jogar comigo?



PORTUGAL

I'm a Rebel disse...

O pah outro texto muito bonito. Gosto da maneira como escreves. Da maneira como conjugas as palavras umas nas outras. Na maneira que inseres o teu sentimento em cada palavra que escreves!

Continua!

Ana Sofia disse...

lindo!!!está tão lindo e romantico!! epah..está cada x mior!!..perfeito!!adoro!!não tenho palavras..e as lágrimas estão kase a sair..mas contêem-se pa 1 post ainda mais profundo!!:) agr surpreende-me!!!
=D
Bjs**
continua axim!!

catia fonseca disse...

bem...que lindo...os lenxos k tinha aki eram poucos...lol
mas digo-te axei k este ta mt romantico, mt profundo..,alguem k ta verdadeiramt apaixonado...bastante simples mas com mt dedicaxao...
bjitux...

Silvia disse...

Adorei, tens imenso jeito para a escrita....investe nesse teu dom.Kt a rosa, as flores não carecem d agua mas sim das lembranças de km nos as ofereceu.
Continua...bjs

Helia disse...

A vida devia ser alimentada de sorrisos...Sorrisos sinceros...sorrisos de gente que amamos e que nos ama!
---

Gostei da ideia da rosa... e poder acordar todos os dias no quarto "daquela pessoa"! Acordar e dizer um bom dia gigantesco...

E sorrir! =D
O sorriso diz tudo...